Consultório organizado, por favor


Ao trabalhar com organização, me tornei uma observadora atenta do universo que me cerca. E, hoje, resolvi escrever sobre um tema que você certamente conhece: a desorganização de salas de espera ou de ambientes de atendimento ocupados por profissionais da área da saúde. Levante a mão se você já passou por um local assim! Porque eu tenho vivenciado situações desagradáveis. 

Sala de espera

Sim, falo dos ambientes de recepção e atendimento a pacientes, que encontramos em clínicas e consultórios.

Médicos, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, nutricionistas, entre outros, deveriam prestar mais atenção! Tenho visto excelentes profissionais na sua área de atuação, com um curriculum estrelado, mas que administram o seu "negócio" de maneira amadora. Esquecem (ou não sabem) que toda relação comercial é um negócio e deve ser pensada como tal. Em toda prestação de serviço há um cliente na ponta. Nesse caso, o paciente é o cliente e deveria ser tratado como tal. E a organização é princípio básico do bom atendimento.

Secretária

Um ambiente de espera ou de atendimento ao público reflete a imagem dos seus profissionais e essa imagem não pode ser prejudicada pela desorganização. Afinal, a primeira impressão é a que fica.

Há locais impecáveis, mas há outros que deixam muito a desejar... Vamos aos fatos que denunciam falta de cuidado e desorganização:

1. Recepção

  • Ambientes de recepção com as paredes rachadas, sujas, riscadas e com pintura deteriorada.
  • Lâmpadas queimadas.
  • Cadeiras com o estofamento rasgado ou sujo.
  • Revistas velhas. É fundamental manter material de leitura atualizado. Dias atrás, encontrei revistas de 2007 e 2011 numa clínica. Alô, secretárias e recepcionistas!
  • Não disponibilizar café ou água para os visitantes ou pacientes.
  • Decoração desatualizada. Um consultório com decoração ultrapassada, me leva imediatamente ao seguinte questionamento: Será que o profissional atualiza seus conhecimentos tal qual atualiza seu ambiente de trabalho? Não precisa ser um ambiente de "mostra de decoração", mas, no mínimo com um visual agradável e atual. 

Revistas de sala de espera

2. Banheiros 

  • Falta de reposição de itens básicos, como papel toalha, papel higiênico, sabonete líquido ou espuma para higienizar as mãos.
  • Lixeiras transbordando. Um ambiente de uso frequente precisa ser higienizado mais de uma vez ao dia.
  • Ausência de um simples espelho para o usuário se recompor (aconteceu comigo). Seria por economia? Um simples espelho, tão barato e tão necessário? Não creio.

Banheiro público

3. Salas de consulta

  • Mesas lotadas de papéis soltos, antigos e sem uso.
  • Amostras de remédios espalhadas aleatoriamente sobre balcões e mesas.
  • Arquivos e gavetas bagunçados, entulhados de pastas.
  • Excesso de objetos em estantes, balcões e mesas de trabalho.
  • Ambientes sendo dominados pelo pó.
Consultório

4. Atendimento e comportamento

  • Falta de cortesia no atendimento aos pacientes.
  • Recepcionistas que sequer levantam os olhos para acolher quem chega.
  • Telefone sempre ocupado, retornos demorados, esperas angustiantes.
  • Sobreposição de horários na agenda e esperas intermináveis. Se o profissional só consegue atender um paciente a cada 40 minutos, não adianta marcar um paciente a cada 30 minutos, porque a agenda irá atrasar, o que é muito desagradável para os pacientes, principalmente para os que estão agendados nos últimos horários do período. Ninguém tem tempo a perder.
  • Falta de proatividade em reagendar consultas, efetuar trocas de horários e dar retorno por telefone. Será a economia, novamente?
Bem, por outro lado, há locais que merecem aplausos pela organização e cuidado com que tratam o paciente.

Portanto, se você for profissional da saúde, fica a dica: repense o seu local de trabalho. Se estiver tudo perfeito, ótimo. Se não estiver, pense no que ele pode melhorar ou se reinventar.

E a dica vale também para escritórios de profissionais liberais.

Abraço e obrigada pela sua atenção.


0 comentários. Comente também :

Postar um comentário



Google+ Followers

Fique por dentro das novidades

Cadastre seu endereço de email e receba diretamente todas novidades!

Termos de uso


O compartilhamento de conteúdo autoral do blog é permitido, desde que esteja acompanhado do nome da autora - Sonia Hecher, Personal Organizer e do nome do blog www.ambienteorganizado.com.br em local visível.

Segundo a Lei 9.610/98, a violação de direitos autorais é crime previsto no Artigo 184 do Código Penal.

Saiba mais sobre os Termos de uso e a Política de privacidade do Blog Ambiente Organizado.